MUSEUS GRATUITOS EM PARIS


Há quem pense que não é possível conhecer Paris sem se arruinar!

Mas para quem não vem apenas fazer compras, mas sim pela vida cultural da Cidade Luz, existem museus que expõem suas coleções permanentes sem cobrar nada!

São certamente menos conhecidos que o Museu do Louvre ou o Museu dOrsay, mas não são menos interessantes!

Segue a lista ;


MUSEU CARNAVALET: 
é o museu dedicado à história de Paris!

23 Rue Sévigné, 75003 Paris
http://carnavalet.paris.fr/fr/musee-carnavalet




MUSEU COGNAC -JAY

Apresenta uma coleção de objetos e obras do século XVIII.



8 Rue Elzévir 75003 Paris
http://www.paris.fr/loisirs/musees-expos/musee-cognacq-jay/p6466



MAISON DE VICTOR HUGO
O apartamento de 280m ocupado pelo famoso escritor e sua família durante 16 anos é aberto ao público.




6, place des Vosges
75004 Paris


PETIT PALAIS

É o museu de Belas Artes de Paris,apresentando coleções que vão desde a Antiguidade até o século XX.

Avenue Winston Churchill 75008 Paris

http://www.petitpalais.paris.fr/


MUSEU CERNUSCHI
Um dos mais antigos museus de Paris, inaugurado em 1898, é consagrado às obras asiáticas.
 


7 Avenue Velasquez 75008 Paris
01 53 96 21 50

MUSEU ZADKINE
Este museu é consagrado ao escultor russo Ossip Zadkine (1890-1967) e apresenta obras que estavam em seu ateliê.
100 bis, rue d’Assas 75006 Paris , métro Vavin 


MUSEU DE ARTE MODERNA DE PARIS

 

Leiam o artigo sobre o museu aqui


MUSEU DA VIDA ROMÂNTICA;


Leiam o artigo aqui



MUSEU BOURDELLE

Dedicado ao escultor Émile -Antoine Bourdelle(1861-1929), que foi discípulo de Rodin.
O museu apresenta sua obra na forma de mais de 500 esculturas.

16-18 Rue Antoine Bourdelle Paris


MAISON DE BALZAC

A antiga residência do famoso escritor Honoré de BALZAC foi transformada em museu .

Além do grande acervo literário, o museu apresenta ainda uma vasta coleção de objetos pessoais do escritor.

O local serviu de residência à Balzac de 1840 a 1847 e ele ali esteve com uma outra identidade para despistar seus credores.



47 Rue Raynouard 75016 Paris, France
 
Inspirado nas dicas do blog pariszigzag.  


 
Réactions : 

ART NOUVEAU EM PARIS

Art Nouveau

 
  Seja você um fã de ''Art Nouveau" ou apenas um visitante de Paris, a melhor maneira de apreciar o Art Nouveau é chegar lá e olhar. Sabemos que isto nem sempre é fácil.
 Há centenas de coisas para se  ver e fazer em Paris. Mas  realmente vale a pena andar pelas ruas de Paris buscando  vestígios do Art Nouveau se você tiver tempo  e interessse.
  A lista dos edifícios vai ajudar você a escolher o que é melhor para ver em cada categoria de edifícios Art Nouveau.   

 O QUE É ART NOUVEAU?

  O Metrô

 Restam apenas  4 tipos de entradas Art Nouveau atualmente.
 A entrada simples, como por exemplo o  Metrô "Place d'Italie",( Paris 13) em frente ao cinema Gaumont), coberto com lâmpadas e painel 
 

O Metrô "Monceau" e mais duas estações de um teto único ;  Metro "Dauphine" (Paris  16) "Abesses"(Paris 18) ".  
Mas em 1900, havia também estações de metro completamente nova arte  para "Bastille" e "Champs Elysées". Elas  foram destruídos no final dos anos 60.   
  Se você tiver a oportunidade de ver ou rever  a  obra-prima de Louis Malle "Zazie dans le metro", os metrôs ''art nouveau"são filmados.
  Estas entradas de metrô foram trocadas , padronizados e produzidos em massa para reduzir custos. 

L'Art Nouveau  nas  lojas

  O Art Nouveau foi uma moda,  Muitas lojas, cafés e restaurantes foram construídos ou convertidos neste estilo.
Você tem que ver a fantástica loja de Tati, 140 rue de Rennes (metro Montparnasse) de Auscher (1904) que foi originalmente uma loja Félix Potin.  Sua arquitetura é uma reminiscência de algo imediatamente "comestível" no sentido pretendido  por Salvador DALI

  Veja também no interior do Café de Paris por Sauvage (1899) no Musée Carnavalet (23, rue de Sévigné, Métro Saint Paul)
  Neste museu, há também uma reconstrução do interior da joalheria Fouquet Alphonse Mucha.
 Muitos restaurantes  famosos possuem decoração Art Nouveau.como os célebres
Maxim's de Marnez (3, rue Royale) et Lucas Carton de Majorelle (9,place de la Madeleine, Métro Madeleine) 
Restaurante Maxim's

  Edifícios Guimard

Você não pode deixar de ver ,o "Castel Beranger" (1894-1898) de Guimard (14, rue La Fontaine, Paris 16).   
Esta é uma de suas obra-prima e seu primeiro edifício em estilo Art Nouveau
  O uso de materiais diferentes, cada um maximizando a equação de custo - resistência para minimizar o custo.. A unidade da decoração é impressionante: a porta, as telhas como papel de parede envoltos nos  arabescos.   

 Este edifício é simplesmente mágico.
   Castel Beranger
   Há muitas obras de Guimard no 16 º arrondissement Podemos identificá-los facilmente se você  conhece um pouco do seu estilo.
 

Edíficios populares

  Para ver a "arquibancada de construção" de Savage em 1912 ,vá até o número 26, rue Vavin Paris 6, Metro Vavin) 


Este edifício mostra a busca de soluções criativas de Art Nouveau para resolver os problemas de habitação que Paris enfrentava no início do século XX..
Nestes edíficios, as varandas podem ter uma iluminação máxima dos apartamentos, e uma boa ventilaçao,na  luta contra as epidemias de tuberculose que predominavam na época.   
Esta contrução  também apresentava jardins em terraços e  paredes à prova de umidade com seu revestimento de mosaicos cerâmicos.
 
 Em busca de economia e qualidade, devemos mencionar o número 7 da rue Trétaigne, (Paris 18) de Sauvage (1903-1904).
Os artistas Art Nouveau tiveram  quase todos uma preocupação social.
 
26, rue Vavin 
 

 Obras de ferro e aço

 Para ver o prédio do jornal "Le Parisien liberéd" e agora a sede da France Telecom) vá até o 124, rue Réaumur,  Metrô Reaumur Sebastopol). . O edifício de aço e vidro pintado na cor marrom mostra formas curvilíneas na expressão de Art Nouveau.
124, rue de Réaumur 

 Art Nouveau e ecletismo

  Foi construída por Lavirotte em 29 Avenue Rapp, Paris 7, em 1901.Dali amava essa frente, ele achava que era a fachada mais erótica de Paris.   
29, avenue Rapp 

Edíficios em   cerâmica 

  Você pode ver dois edifícios: o primeiro é um trabalho inicial de Auguste Perret, pioneiro do concreto armado. (25 bis, rue Franklin, Paris 16, 1903).  


   O segundo está localizado no  18 arrondissement  ; 185, rue Belliard.
Esta é a obra-prima do arquiteto Deneux.


 
Réactions :